MS acumula mais de 181 mil casos de Covid-19 e 3.319 mortes pela infecção

Correio do Pantanal

28 fev 2021 às 20:16 hs
MS acumula mais de 181 mil casos de Covid-19 e 3.319 mortes pela infecção

Nas últimas 24 horas: 542 pessoas foram infectadas pelo vírus e 13 óbitos ocasionados pela Covid, de acordo com os dados da secretaria estadual de Saúde (SES).

Por G1 MS

28/02/2021 14h05  Atualizado há 7 horas


Coronavírus (Covid-19) — Foto: Hellen Souza/Arte-G1

Coronavírus (Covid-19) — Foto: Hellen Souza/Arte-G1

Mato Grosso do Sul acumula 181.528 casos confirmados de Covid-19 e 3.319 óbitos pela infecção. De acordo com as informações divulgadas pela secretaria estadual de Saúde (SES), neste domingo (28) foram mais 542 sul-mato-grossenses infectados pelo novo Coronavírus e 13 óbitos provocados pela doença.

Conforme o boletim epidemiológico divulgado SES, há 8.254 pacientes com Covid-19 em isolamento domiciliar e 612 internadas, sendo 318 em leitos clínicos e 294 em UTIs. Já se recuperaram 169.343 pessoas.

Ainda segundo o documento sobre a situação da infecção no estado, havia até este sábado (27), 1.265 amostras para análises e 4.690 casos sem encerramento.

Municípios que mais registraram mortes por Covid-19 em MS

  1. Campo Grande – 1.463 óbitos;
  2. Corumbá – 262 óbitos;
  3. Dourados – 257 óbitos;
  4. Aquidauana – 87 óbitos;
  5. Ponta Porã – 84 óbitos;
  6. Três Lagoas – 79 óbitos;
  7. Naviraí – 72 óbitos;
  8. Miranda – 51 óbitos;
  9. Ladário – 44 óbitos;
  10. Anastácio – 43 óbitos.

Municípios que mais registraram casos de Covid-19 em MS

  1. Campo Grande – 74.952 casos;
  2. Dourados – 20.713 casos;
  3. Corumbá – 9.671 casos;
  4. Três Lagoas – 6.474 casos;
  5. Ponta Porã – 4.386 casos;
  6. Naviraí – 3.983 casos;
  7. Aquidauana – 3.341casos;
  8. Sidrolândia – 2.922 casos;
  9. Maracaju – 2.909 casos;
  10. Chapadão do Sul – 2.298 casos.
ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.