Recém-nascida ainda com cordão umbilical é encontrada dentro de sacola plástica em Campo Grande
  • No Banner to display

  • celular

Correio do Pantanal

29 jan 2021 às 21:15 hs
Recém-nascida ainda com cordão umbilical é encontrada dentro de sacola plástica em Campo Grande

A bebê foi encontrada por uma moradora que acionou a polícia e foram encaminhadas a um posto de saúde. O estado de saúde da recém-nascida é estável.

Por José Câmara, G1 MS

29/01/2021 15h26  Atualizado há 5 horas


Recém nascida encontrada em sacola plástica passou por atendimento médico de urgência.  — Foto: Redes sociais

Recém nascida encontrada em sacola plástica passou por atendimento médico de urgência. — Foto: Redes sociaishttps://c28140375d4d1fc92a847a368e88ff6e.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

Uma recém-nascida foi encontrado dentro de uma sacola plástica, em Campo Grande, na manhã desta sexta-feira (29). A bebê foi deixada na calçada de uma das ruas do bairro Guanandi, região sul da capital.

Segundo a secretaria de saúde do município (Sesau), a bebê, aparentemente nasceu na noite dessa quinta-feira (28). A recém-nascida foi encontrada por uma moradora que acionou a polícia após abrir a sacola plástica e ver a criança embrulhada em cobertores.

A bebê foi levada ao posto de saúde mais próximo do local. Segundo a Sesau, a recém nascida ainda estava com o cordão umbilical exposto, ou seja, sem nenhum curativo.

A recém-nascida chegou à unidade de saúde levada por três policiais e a mulher que a encontrou. A Sesau informou que a criança passou por atendimento médico de urgência e estava com os sinais vitais estáveis. Em decorrência disso, a bebê foi encaminhada à uma unidade hospitalar para realização de exames.

O caso está sendo investigado pela delegacia especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente, em Campo Grande.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: