Inicia etapa de vacinação contra Febre Aftosa em Mato Grosso do Sul

Correio do Pantanal

5 maio 2018 às 10:51 hs
Inicia etapa de vacinação contra Febre Aftosa em Mato Grosso do Sul

Famasul alerta ao produtor rural para que siga o calendário oficial

Conjuntura,

Inicia etapa de vacinação contra Febre Aftosa em Mato Grosso do Sul (Foto: Divulgação )

A primeira etapa de vacinação contra febre aftosa em Mato Grosso do Sul iniciou no dia 1º de maio. O calendário é definido pela Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), em conjunto, com o Ministério de Agricultura.

O Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS alerta aos produtores para o prazo de imunização e do registro da vacina.  Nessa primeira fase, todo o rebanho bovino e bubalino do planalto, fronteira e pantanal deverão ser vacinados, segundo tabela abaixo.

A campanha acontecerá em todo o Brasil. No entanto, pela grande extensão e diversidade climática do país, o Ministério da Agricultura e os Órgãos Executores de Sanidade Agropecuária nos estados definem o calendário de acordo com cada região, tanto em período quanto faixa etária.

O produtor que deixar de vacinar ou não registrar a vacina poderá ser multado. “Em caso de não vacinação a multa é de 3 uferms por cabeça, o equivalente a R$ 77 e a falta do registro, a multa é de 0,3 uferms por cabeça”, explica o médico veterinário do Sistema Famasul, Horácio Tinoco.

O primeiro foco da doença no país foi em 1895 e o último em 2006. Portanto, em 2018, o Brasil completa um longo trabalho de 123 anos na luta contra a Febre Aftosa. Do mesmo modo, Mato Grosso do Sul, há 12 anos, também comemora território sem registro de Febre Aftosa.

DIA A 

O setor produtivo obteve recente vitória no status sanitário. O Sistema Famasul foi sede de uma das comemorações do Dia A: Plena Erradicação da Febre Aftosa no Brasil.

O evento, realizado no dia 5 de abril de 2018,  relatou a conquista que o país sul-americano terá neste ano durante a 86ª Sessão Geral da Organização Mundial de Saúde Animal – OIE, em Paris, de 20 a 25 de maio, onde será reconhecido internacionalmente como país livre de febre aftosa com vacinação.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.