Governo aguarda chegada da Sputnik V para ampliar vacinação contra a Covid-19

Correio do Pantanal

22 abr 2021 às 09:49 hs
Governo aguarda chegada da Sputnik V para ampliar vacinação contra a Covid-19

Mato Grosso do Sul é um dos sete participantes do Consórcio Brasil Central  

 22/04/2021 – 06h55

Campo Grande

MS é um dos sete participantes do Consórcio Brasil Central (Foto: Divulgação )

O Consórcio Brasil Central – Mato Grosso do Sul, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Tocantins, Maranhão e Rondônia  – assinou um acordo com o RDIF (Fundo Russo de Investimento Direto) e está perto de comprar 28 milhões de doses da vacina Sputnik V. A eficácia do imunizante russo, que exige a aplicação de duas doses, é de 91,6%, segundo dados publicados na revista científica “The Lancet”. 

 “Essa compra é muito importante porque avança, assim que chegar essas doses, a quantidade de pessoas imunizadas em Mato Grosso do Sul e em todos os estados que fazem parte do Brasil Central”, explicou o governador Reinaldo Azambuja.

A intenção é que a vacina comece a chegar ao País ainda neste semestre. O imunizante contra Covid-19 ainda precisa de aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para ser aplicado no Brasil. 

Na semana passada, o governador Reinaldo Azambuja visitou a fábrica da Farmacêutica União Química, em Brasília, onde será produzida e fabricada a vacina russa. 

Acompanhado do secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, e do Procurador-Geral de Justiça, Alexandre Magno Benites, o governador destacou que a nova opção de vacina é um grande avanço no combate à pandemia do coronavírus. 

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.