Governador de MS pede a prefeitos mutirão da vacinação para zerar estoques e ampliar número de imunizados

Correio do Pantanal

22 mar 2021 às 21:40 hs
Governador de MS pede a prefeitos mutirão da vacinação para zerar estoques e ampliar número de imunizados

Ele pediu que os municípios utilizem nesse esforço os imunizantes que estavam reservados para a aplicação da segunda dose da vacina e garantiu que haverá reposição com novos lotes.

Por G1 MS

22/03/2021 12h22  Atualizado há 10 horas


Governador de MS, Reinaldo Azambuja (PSDB) — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Governador de MS, Reinaldo Azambuja (PSDB) — Foto: Reprodução/Redes Sociaishttps://1111790f8fdeefb21210e25d155c7ce2.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), pediu nesta segunda-feira (22) a colaboração dos prefeitos para fazer nesta semana um grande mutirão de vacinação contra a Covid-19.

Ele pediu que os municípios utilizem nesse esforço os imunizantes que estavam reservados para a aplicação da segunda dose da vacina em quem já havia recebido a primeira. O objetivo, conforme Azambuja, é ampliar o número de pessoas que está sendo imunizado.

“Não deixem vacinas na geladeira”, pediu o governador do prefeitos e secretários de Saúde, garantindo que novos lotes de imunizantes vão chegar ao estado para repor as doses que forem utilizadas no mutirão e assim completar o esquema de imunização.

Além de pedir que os municípios utilizem todo o estoque de imunizantes disponível nesse esforço concentrado, ele voltou a dizer que a população deve contribuir mantendo o distanciamento social, para tentar controlar o avanço da doença.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.