12 out 2017 às 07:04 hs
Vladimir Putin recebe cachorro como presente de aniversário

Presidente russo, apaixonado por cães, completou 65 anos de vida no sábado e foi presenteado esta quarta-feira pelo homólogo do Turquemenistão durante um encontro em Sochi, na Rússia

Vladimir Putin mostrou-se deliciado com o presente e foi captado a abraçar e beijar o cachorro, ao qual deu o nome de Verny, que significa esperançoso em russo. O animal é um alabai, também conhecido por pastor da Ásia Central, e vai juntar-se ao canil cada vez maior do Kremlin, a residência oficial do presidente russo, em Moscovo.

No passado, os líderes japoneses e búlgaros também ofereceram cães a Putin, mas o mais querido do líder russo era um labrador preto chamado Koni, oferecido pelo ministro da defesa do seu país, Serei Shoigu. “Trato-os como qualquer pessoa, mas quando estou de mau humor tento consultar o meu cachorro Koni, que me dá bons conselhos”, disse uma vez Putin, acerca de um animal que assustou a chanceler alemã Angela Merkel durante uma reunião em 2007. “Quando descobri que ela não gostava de cães, pedi-lhe desculpa”, admitiu Putin alguns anos depois, após algumas alegações de que tinha utilizado o animal para intimidar deliberadamente a germânica.

Todos os cães de Putin têm grandes dimensões, o que até motivou uma troca de palavras bem-humorada com o antigo presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, que tinha um pequeno terrier escocês. “Você chama a isso um cão?”, terá questionando uma vez o antigo líder norte-americano, acerca de um dos cães do homólogo russo.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.