12 mar 2018 às 09:12 hs
Temer deve usar reforma ministerial para isolar candidatura de Maia

NOTICIAS AO MINUTO

© Marcos Corrêa/PR

Prevista para o final do mês, a reforma ministerial pode ser usada pelo presidente Michel Temer para isolar a candidatura à Presidência da República de Rodrigo Maia, que se lançou ao Planalto com o possível apoio de vários partidos da base governista.

A ideia da Temer, segundo a Folha de S. Paulo, é colocar os partidos aliados contra a parede e garantir cargos e ministérios apenas àqueles que se comprometerem com seu projeto eleitoral. Temer também pretende seduzir a base com a liberação de R$ 15 milhões em emendas parlamentares a deputados.

A expectativa é que 12 ministros sejam trocados até 7 de abril para terem condições de concorrer em outubro.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.