25 dez 2018 às 21:35 hs
Na noite de Natal, mulher briga com a família, insiste em dirigir bêbada e mata a tia atropelada

MIDIAMAX

Mulher atropelou a própria tia na Vila Fernanda (Foto: Mariana Rodrigues)

A noite de Natal terminou em tragédia para uma família da vila Fernanda, em Campo Grande. Uma mulher de 38 anos, se desentendeu com os familiares e insistiu em dirigir, mesmo estando sob o efeito de bebidas alcoólicas. Ela acabou atropelando a tia dela, identificada como Ivonete Poche, 58 anos, que tentou impedir que ela saísse de casa.

De acordo com informações policiais, o acidente aconteceu na madrugada desta terça-feira (25). A família realizava confraternização de Natal na casa da mãe da autora do atropelamento. Ela teria brigado com o marido por conta de uma bateria de carro e, alterada, decidiu sair de casa dirigindo.

Segundo os familiares, a mulher não possui CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e estava alterada, pois, havia ingerido bebidas alcoólicas. A mãe teria pedido para que ela não saísse, mas, mesmo assim, a mulher entrou no carro. A tia também foi tentar conversar e foi atropelada pela sobrinha, que engatou a marcha à ré no veículo.

Ivonete foi prensada no portão, que chegou a ser derrubado pela sobrinha, e que só parou após atingir uma lixeira. A vítima morreu no local.

A mulher foi presa e a Polícia Civil investigará as circunstâncias do acidente. De acordo com o delegado da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, Christian Mollinedo, será autuada neste momento por homicídio culposo (sem intenção) majorado pela influência de álcool.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.