16 jun 2017 às 10:15 hs
Mãe pede ajuda para a polícia com medo de apanhar da filha

correiodoestado.com.br

A Polícia Militar abordou uma mulher de 36 anos no bairro Pantanal, em Porto Murtinho, na manhã de hoje, depois que ela tomou o celular da mãe, que tem 73 anos, e ameaçou de dar uma surra nela.

A vítima reclamou que tem uma medida protetiva contra a filha, mas mesmo assim a mulher sempre vai na casa dela e outras ameaças já foram feitas. A dona de casa de 73 anos mora sozinha e disse a policiais que tem medo de apanhar.

As ameaças de hoje aconteceram depois que a suspeita chegou na casa da mãe muito perturbada e exigiu que fosse entregue a ela um aparelho celular. Ainda afirmou que iria bater na vítima caso não conseguisse pegar o equipamento.

Depois de tomar o celular da mão da mãe, a mulher saiu do local e foi para um bar que fica na região. A PM foi acionada pelo 190 e encontrou a suspeita. Ela assumiu o que tinha feito e foi levada para a Delegacia de Polícia de Porto Murtinho.

A delegada  Joilce Silveira Ramos, conforme boletim de ocorrência, registrou o caso como ameaça (violência doméstica) e desobediência a decisão judicial. As autoridades orientaram a vítima e a filha dela. Não foi divulgado se a mulher suspeita de ameaça ficou detida.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.