16 out 2017 às 09:17 hs
Cafetina explorava adolescente e tinha até livro de contabilidade

Fonte: Correio do Estado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) resgatou na noite de ontem, no município de Eldorado, uma adolescente de 17 anos que era mantida em casa de prostituição em posto de combustíveis. Uma mulher de 27 anos, responsável pelo estabelecimento, foi presa em flagrante por exploração sexual. Ela guardava livro contábil com a relação de programas e pagamentos. O irmão da menor, de 20 anos, também foi preso.

De acordo com a PRF, o flagrante aconteceu no âmbito da Operação Nacional Domiduca, que combate a exploração sexual de crianças e adolescentes. Durante fiscalização no posto que fica às margens da BR-163, os policiais avistaram a jovem em atitudes suspeitas na conveniência. Ela, inicialmente se recusou a prestar informações, mas abriu o jogo e relatou que o local era, na verdade, uma casa de prostituição.

Por lá havia outras mulheres, todas maiores de idade, e o irmão da menor, que alegou dividir um quarto com ela no imóvel e ter conhecimento do que ela fazia. A proprietária confirmou que a garota morava lá e negou saber sua origem. Ela ainda apresentou à PRF livro contábil onde constava o nome da menor com créditos por “serviços sexuais” prestados. Diante do flagrante, a dona da casa e o irmão da jovem foram levados para a delegacia. A vítima foi entregue ao Conselho Tutelar do município.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.