Forças Armadas farão desfile de blindados no dia em que Câmara deve votar PEC do voto impresso
  • piramide

Correio do Pantanal

10 ago 2021 às 23:41 hs
Forças Armadas farão desfile de blindados no dia em que Câmara deve votar PEC do voto impresso

10 de agosto de 2021 0

“Os eventos buscam valorizar e apresentar, à sociedade brasileira, o aprestamento dos meios operativos da nossa Marinha”, argumenta.
Apesar da operação ocorrer todos os anos e os presidentes serem convidados para assistir, não houve outros casos de desfiles de equipamentos militares na Praça dos Três Poderes para a entrega de convite.

Brasília irá assistir nesta terça-feira um desfile de veículos blindados e outros armamentos das Forças Armadas em frente ao Palácio do Planalto, no mesmo dia em que a Câmara dos Deputados deve votar em plenário a Proposta de Emenda à Constituição (PEC)que institui o voto impresso, defendido pelo presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com comunicado divulgado pela Marinha, o desfile ocorrerá para entrega de um convite ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro da Defesa, Walter Braga Netto, para que assistam a um treinamento anual da Marinha na cidade goiana de Formosa, a cerca de 80 km de Brasília. Segundo a nota, neste ano participarão do exercício também, pela primeira vez, o Exército e a Força Aérea.

A exibição dos veículos militares para a simples entrega de um convite provocou reações, e até mesmo o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que referiu-se à realização do desfile no dia da deliberação do voto impresso como uma “trágica coincidência”, admitiu que pode haver um adiamento da votação.

Para o presidente da Câmara, a entrega pouco usual do convite “apimenta” o clima e dá margem a interpretações sobre possíveis intenções de pressionar o Congresso em dia de uma votação polêmica.

Já à noite, em outra nota, a Marinha afirmou que o desfile foi planejado antes da definição da data de votação da proposta e não tem relação com o tema. Ressaltou, ainda, que além de Bolsonaro, também serão convidadas outras autoridades, como o vice-presidente da República, ministros de Estado e os presidentes do Senado e da Câmara.

“Cabe destacar que essa entrega simbólica foi planejada antes da agenda para a votação da PEC 135/2019 no plenário da Câmara dos Deputados, não possuindo relação com a mesma, ou qualquer outro ato em curso nos Poderes da República”, diz a nota.

“Os eventos buscam valorizar e apresentar, à sociedade brasileira, o aprestamento dos meios operativos da nossa Marinha”, argumenta.

PUBLICIDADE

Apesar da operação ocorrer todos os anos e os presidentes serem convidados para assistir, não houve outros casos de desfiles de equipamentos militares na Praça dos Três Poderes para a entrega de convite.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.