EUA voltam a incluir Cuba na lista de Estados que apoiam terrorismo
  • No Banner to display

  • celular

Correio do Pantanal

12 jan 2021 às 16:25 hs
EUA voltam a incluir Cuba na lista de Estados que apoiam terrorismo

A decisão, anunciada a poucos dias do fim do mandato de Donald Trump na Casa Branca, pode dificultar ao Presidente eleito, Joe Biden, que será empossado em 20 de janeiro, a renovação dos laços diplomáticos com Havana.

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo
O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo© Brendan Smialowski / AFP

DN/Lusa11 Janeiro 2021 

Aadministração do Presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump, voltou a incluir Cuba na lista negra de Estados que apoiam o terrorismo, da qual tinha sido retirada em 2015, pelo então chefe de Estado, Barack Obama.

“O contínuo apoio de Cuba ao terrorismo no hemisfério ocidental deve ser travado. Hoje, os Estados Unidos voltam a colocar Cuba na lista de Estados que apoiam o terrorismo para responsabilizar o regime de Castro pelo seu comportamento maligno”, escreveu o secretário de Estado norte-americano, na plataforma social Twitter, referindo-se aos antigos líderes cubanos Fidel e Raúl Castro.

Numa declaração citada pela agência France-Presse (AFP), Mike Pompeo acusou Cuba de “ter apoiado repetidamente atos de terrorismo internacional ao dar refúgio a terroristas”.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: