Em novo decreto, Governo proíbe funcionamento de conveniências em MS

Correio do Pantanal

24 mar 2021 às 23:34 hs
Em novo decreto, Governo proíbe funcionamento de conveniências em MS

Executivo Estadual publicou novas normas restritivas por conta da pandemia

Novo decreto do governo de Mato Grosso do Sul, com medidas mais rígidas para o enfretamento da pandemia do coronavírus, proíbe que conveniências funcionem durante o período do toque de recolher. As novas regras começam na próxima sexta-feira (26).

O documento exclui as lojas de conveniências da lista de permissão de locais que podem funcionar após o início do toque de recolher, que de segunda à sexta-feira é das 20h às 5 h, e aos fins de semana das 16h às 5h.

O trecho diz que: “As restrições de horário não se aplicam aos hipermercados, supermercados e mercados, dentre os quais não se incluem as conveniências, sendo expressamente vedados o consumo de gêneros alimentícios e bebidas no local e o acesso simultâneo de mais de uma pessoa da mesma família, exceto nos casos em que for necessário acompanhamento
especial”

Com isso, as conveniências não poderão funcionar nem por delivery após o início do toque de recolher.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: