Dinossauro achado no Brasil foi pioneiro em ‘visual chamativo’ como dos pavões, mostra estudo

Correio do Pantanal

17 dez 2020 às 22:56 hs
Dinossauro achado no Brasil foi pioneiro em ‘visual chamativo’ como dos pavões, mostra estudo

14 dezembro 2020

Ilustração de dinossauro, com aparência de bico de pato e cauda de esquilo
Legenda da foto,Ubirajara jubatus tinha tamanho aproximado de uma galinha e viveu há 110 milhões de anos

Há cerca de 110 milhões de anos, quando nem o Brasil e muito menos o carnaval existiam, um pequeno dinossauro vivendo na região do Crato, Ceará, parece ter antecipado a exuberância da festa que torna o país famoso mundialmente.

Descrita nesta segunda-feira (14/12) no periódico científico Cretaceous Research, a espécie Ubirajara jubatus se destaca como um dos dinossauros com aparência mais elaborada já descritos e ajuda a entender como “aves, tais quais os pavões, herdaram sua capacidade de se exibir”, segundo os autores do estudo.

Do tamanho aproximado de uma galinha, a nova espécie revelada pelos cientistas tinha uma crina ao longo do dorso e um par de “fitas” alongadas e rígidas provavelmente saindo do ombro — características nunca vistas antes em fósseis de dinossauros.

Estas fitas não são escamas, pelos ou penas como conhecemos, mas estruturas provavelmente únicas deste animal — apesar de semelhantes ao do pássaro Semioptera wallacii.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.