13 dez 2018 às 22:28 hs
Vendedora de salgados acha bolsa com todo o 13° de idosa e devolve à dona em MS: ‘Foi muito emocionante’

Por Flávio Dias, G1 MS — Campo Grande

 

A vendedora de salgados Simone Franco de Melo, de 28 anos, não teve dúvidas em devolver uma bolsa cheia de dinheiro que encontrou na tarde dessa terça-feira (11), em Campo Grande, à verdadeira dona. De acordo com Simone, a bolsa estava em um ponto de ônibus e pertece a uma idosa de 70 anos.

Vendedora de lanche encontra bolsa cheia de dinheiro e devolve a dona, em Campo Grande (MS). — Foto: Divulgação/Polícia Militar Vendedora de lanche encontra bolsa cheia de dinheiro e devolve a dona, em Campo Grande (MS). — Foto: Divulgação/Polícia Militar

Vendedora de lanche encontra bolsa cheia de dinheiro e devolve a dona, em Campo Grande (MS). — Foto: Divulgação/Polícia Militar

Simone disse que imediatamente procurou uma amiga que também trabalha nas proximidades e que o marido dela é um sargento da polícia.

“O marido dessa minha amiga estava fazendo ronda na região central da cidade. Quando ele chegou com outros militares, nós abrimos a bolsa e vimos que estava cheia de dinheiro e documentos da senhora. Para nossa sorte, tinha um número de telefone”, explica ao G1.

De acordo com Simone, ela foi com os policiais até a casa da idosa devolver a bolsa que estava com todo o salário do 13º.

“Quando fomos entregar a bolsa, foi muito emocionante. Ela estava muito preocupada e pediu a Deus para que alguém encontrasse e devolvesse a bolsa. Fiquei emocionada quando me disse que ‘ainda existem pessoas honestas'”, relembra.

Vendedora procura a polícia para identifica dona de bolsa que foi encontrada cheia de dinheiro no centro de Campo Grande. — Foto: Divulgação/Polícia Militar Vendedora procura a polícia para identifica dona de bolsa que foi encontrada cheia de dinheiro no centro de Campo Grande. — Foto: Divulgação/Polícia Militar

Vendedora procura a polícia para identifica dona de bolsa que foi encontrada cheia de dinheiro no centro de Campo Grande. — Foto: Divulgação/Polícia Militar

De acordo com o sargento da Polícia Militar, João Fernando Karpinski, que foi um dos responsáveis per levar a bolsa até a casa da dona, a idosa estava desesperada e contou que o dinheiro era para passar o final do ano com a família.

“Ela abraçou a gente e foi algo que comoveu todos nós. A senhora disse que fazia tempo que estava tentando sacar o dinheiro em uma agência bancária, mas não estava conseguindo e quando deu certo, ela tinha tinha perdido tudo. Ainda bem que tudo deu certo”, conta.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.