8 out 2018 às 05:42 hs
Segunda-feira será marcada  por negociações de 2º turno

Ex-candidatos ao governo vão definir quem apoiar dia 28

Por DA REDAÇÃO

Com o terceiro lugar no primeiro turno, o deputado e presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS), Junior Mochi, teve 149.234 votos e ainda vai conversar com o partido sobre quem deve apoiar. “Amanhã vamos sentar, avaliar o resultado e ver quais são nossas ações. Eu acho que foi um excelente desempenho considerando o momento em que entramos. Sempre temos a expectativa de estar no segundo turno, até pela forma como as pessoas nos atenderam, nossos adversários não foram os candidatos, mas foi o tempo”, disse, ressaltando que registrou sua candidatura no último dia permitido pela Justiça eleitoral.

Mesmo o MDB tendo apoiado o PSDB em 2014, quando Azambuja foi para o segundo turno com o ex-senador Delcídio do Amaral (PTC), Mochi disse que ainda vai falar com os demais filiados. “Não liguei para ninguém. Saí do TRE e vim ao diretório agradecer, estava todo nosso pessoal. Agora [ontem], vou para minha casa, falar com meus filhos”, disse.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.