22 jan 2019 às 13:20 hs
Notícia de estupro em colônia de férias é espalhada na rede social e polícia faz alerta sobre fake news

Por Graziela Rezende, G1 MS

A Polícia Civil faz um alerta, após constatar uma notícia falsa, que estava sendo compartilhada no WhatsApp, com informações de um suposto estupro de menina de 5 anos, em uma colônia de férias de Campo Grande.

Ao G1 a delegada Franciele Candotti, da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e o Adolescente (Depca), nenhum boletim de ocorrência foi registrado naquela unidade policial, bem como outras especializadas nem as Delegacias de Pronto Atendimento Comunitário (Depac’s) da cidade.

“A proprietário no local é quem esteve na delegacia e registrou queixa por difamação”, explicou a delegada.

Ainda conforme Candotti, em seguida, ela usou as redes sociais do estabelecimento comercial, com a intenção de divulgar uma nota e esclarecer a notícia, ressaltando que pode fornecer para a polícia as imagens de circuito interno.

A pena para o crime de difamação prevê pena de 6 meses a dois anos de detenção, além de multa.

Mensagem falsa que estava circulando nas redes sociais, diz polícia em MS — Foto: Polícia Civil/DivulgaçãoMensagem falsa que estava circulando nas redes sociais, diz polícia em MS — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Mensagem falsa que estava circulando nas redes sociais, diz polícia em MS — Foto: Polícia Civil/Divulgação

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.