3 abr 2019 às 17:21 hs
Mortes por dengue quase dobram em uma semana em MS

Já são nove vítimas fatais pela doença até aqui no ano

O Estado tem agora nove mortes confirmadas desde o início do ano. Na semana passada esse número era de cinco.

Segundo os dados divulgados pela Pasta, o maior crescimento de casos fatais aconteceu em Campo Grande, com quatro mortes agora. Os novos casos confirmados são de crianças. Uma de 5 an os, vitimada em 25 de fevereiro, e uma de 1, com óbito datado em 28 de março.

Além da Capital, os outros casos de morte continuam nas duas maiores cidades do interior. Em Dourados, o novo caso também é de uma criança, de 11, no dia 22 de março. Já em Três Lagoas, o novo caso é de uma idosa, de 79, no dia 25 do mês passado.

EPIDEMIA

Ao todo, são 18.636 notificações até agora no ano no Estado, com 7.916 confirmações da doença. Há uma semana, eram 6.635 suspeitas confirmadas oficialmente. São 1.281 novos casos na última semana, 183 por dia na média.

Os números colocam o Estado comn uma taxa de 720,3 notificações por grupo de 100 mil habitantes, incidência considerada alta pela Organização Mundial da Saúde. Uma em cada duas notificações acaba sendo confirmada no Estado.

Campo Grande é a cidade com o maior número de notificações confirmadas: 5.345. Na última semana esse número era de 4.605. Ou seja, são 740 novos casos da doença no período. Uma média de 106 pessoas que contraíram dengue por dia nos últimos dias.

Três Lagoas (1.339), Dourados (255), Sidrolândia (161) e Itaquiraí (89) completam a lista de cidades com o maior número de notificações confirmadas por dengue no Estado.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.