2 jan 2019 às 09:55 hs
Mortes por acidentes de avião aumentam significativamente em 2018

O número de pessoas mortas em acidentes de aviação chegou aos 556 no ano passado, superando em larga escala as 44 mortes de 2017

O número de pessoas mortas em acidentes de aviação aumentou significativamente em 2018, de acordo com novos dados, refere a BBC.

De acordo com a empresa de consultoria de aviação holandesa To70 e a Aviation Safety Network, registaram-se 556 mortes, muito mais do que em 2017, o mais seguro da história, quando se registaram apenas 44 vítimas mortais em dois acidentes. No entanto, avisam ambas as entidades, os acidentes fatais continuam a ser raros.

O pior acidente de 2018 ocorreu em outubro, quando um avião da Lione Air caiu na Indonésia, fazendo 189 vítimas mortais.

A To70 estimou que a taxa de acidentes fatais para grandes voos comerciais de passageiros em 2018 foi de 0,36 por cada milhão de voos, o que dá uma média de cerca de um acidente fatal a cada três milhões de voos. Números superiores aos do ano passado (0,06 acidentes fatais por cada milhão de voos) e aos da média dos últimos cinco anos (0,24).

Ainda assim, a tendência das últimas duas décadas tem sido para uma queda do número de vítimas de acidentes de aviação em todo o mundo. Em 2005, por exemplo, registaram-se 1015 mortes, segundo a Aviation. Safety Network. E apesar do aumentou, 2018 foi o terceiro ano mais seguro em termso de número de acidentes fatais e onono mais seguro utilizando o número de mortes como métrica

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.