11 mar 2018 às 11:06 hs
McDonald’s virou o M para homenagear as mulheres, mas nem todos viram o mesmo

Marca mudou imagem durante o dia de hoje

  |  TWITTER

Cadeia de fast-food quis assinalar Dia Internacional da Mulher. No Twitter, não faltaram críticos que lhe chamaram campanha de marketing vazia. Outros brincaram perguntando se eram mamas

O famoso W da cadeia de restauração McDonald’s passou esta quinta-feira a ser um W. Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, o logótipo passou a ser W de Women (mulheres, em inglês). O que pretendia ser uma homenagem depressa deu lugar à indignação e às brincadeiras no Twitter.

A McDonald’s apresentou a campanha na sua página do Twitter onde explica que viraram os seus arcos para “celebrar as mulheres que escolheram a McDonald’s para fazer parte da sua história, como a família Williams”. Mostram um vídeo onde promovem a iniciativa.

Today, we flip our Golden Arches to celebrate the women who have chosen McDonald’s to be a part of their story, like the Williams family. In the U.S. we’re proud to share that 6 out of 10 restaurant managers are women. http://bit.ly/2G9arMB 

“Se a McDonald’s quer valorizar as mulheres, deve começar por proteger as mulheres que cozinham e vendem a comida da empresa todos os dias enquanto enfrentam assédio sexual e discriminação no trabalho”, referiu Alexis Harris, uma funcionária da McDonalds da Florida, citada pelo Mashable.

Alexis Harris é uma das críticas que classifica esta operação como marketing vazio. Mas não foi a única.

WAIT. @McDonalds. Your upside M going to do something about no sick leave, no health coverage, poverty wages, & rampant sexual harassment issues? How does this stunt actually help or value women? @fightfor15, thoughts?

Outros preferiram a crítica humorística.

E até compararam o W a mamas.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.