19 dez 2018 às 20:46 hs
Maria visita Isabel

A Palavra – Lucas 1:39-45

39 E, naqueles dias, levantando-se Maria, foi apressada às montanhas, a uma cidade de Judá, 40 e entrou em casa de Zacarias, e saudou a Isabel. 41 E aconteceu que, ao ouvir Isabel a saudação de Maria, a criancinha saltou no seu ventre; e Isabel foi cheia do Espírito Santo, 42 e exclamou com grande voz, e disse: Bendita és tu entre as mulheres, e é bendito o fruto do teu ventre! 43 E de onde me provém isso a mim, que venha visitar-me a mãe do meu Senhor? 44 Pois eis que, ao chegar aos meus ouvidos a voz da tua saudação, a criancinha saltou de alegria no meu ventre. 45 Bem-aventurada a que creu, pois hão de cumprir-se as coisasque da parte do Senhor lhe foram ditas!

MENSAGEM – A Liturgia do advento nos apresenta várias pessoas que prepararam o povo para a vinda do Messias: Jeremias, Baruc, Sofonias, Miquéias, João Batista… Hoje aparece a figura privilegiada de uma MULHER que trouxe ao mundo o próprio Salvador. Quem aguarda o Salvador não pode esquecer a sua mãe. As Leituras bíblicas nos fazem sentir o clima do Natal. Deus escolhe instrumentos humildes para realizar suas obras. (Hb 10,5-10) O Evangelho narra o encontro de duas Mães, que vibram de alegria com a realização das Promessas. (Lc 1,39-45) Após a Anunciação, em que deu o seu “SIM” a Deus, “Maria se põe a caminho… e vai às pressas à casa de Isabel”. Maria nos ensina o melhor jeito de acolher: estar atento às necessidades dos irmãos, partir ao seu encontro, partilhar com eles a nossa amizade e ser solidário com as suas necessidades. “Logo que entrou, saudou Isabel”: “Shallon”. Shallon sintetizava o conjunto dos bens prometidos por Deus ao Povo… Maria era mensageira dessa “PAZ”. Em nossas VISITAS, procuramos levar a Paz? Isabel, iluminada pelo Espírito Santo, compreendeu os acontecimentos e exclamou com toda alegria: Bendita és tu entre as mulheres…”  Lembra as Palavras dirigidas a duas mulheres fracas e desconhecidas, Judite e Jael, de quem Deus se serviu para libertar seu povo. (Jt 13,18; Jz 5,24) Maria é o instrumento de Deus para concretizar a salvação dos homens…

“Donde me vem a honra de que a mãe do meu Senhor me visite?” Lembra palavras de Davi ao receber a Arca da Aliança em Jerusalém… Maria é a nova Arca da aliança, que traz a presença salvadora do Senhor no meio do povo. Davi exultou com a presença da arca da aliança… Isabel exultou de alegria pela visita recebida… Valorizamos as VISITAS recebidas? (ou toleramos?) O menino saltou de ALEGRIA no seio da mãe.  A presença de Jesus provoca a alegria nos que esperam a concretização das promessas de Deus e que vêem na chegada de Jesus a realização das promessas de um mundo de justiça, de amor, de paz e de felicidade para todos os homens. “Bem aventurada és tu porque acreditaste…” É a primeira bem-aventurança que se encontra no Evangelho… Maria é bem aventurada porque confiou na Palavra de Deus. Aceitou também as conseqüências de seu consentimento:   aparecer grávida perante José e o público, sem poder explicar o fato e provavelmente sem ser acreditada… Daí a sua alegria em casa de Isabel, ao ver-se compreendida por alguém…

* Nem sempre é fácil acreditar nas promessas do Senhor… Maria nos ensina que vale a pena confiar… Então Maria responde: “A minha alma enaltece o Senhor…” É um Salmo de Ação de graças, porque Deus protege os humildes e os salva. É um Salmo de Esperança e de Confiança, porque Deus se preocupa dos pobres. Maria é um sinal do amor de Deus, preocupado em trazer a libertação a todos… Sabemos louvar e agradecer a Deus pelas maravilhas que Deus continua fazendo em nós? “Maria permaneceu… três meses… e voltou…”  Permanecemos o tempo apenas necessário com os amigos, sem perder tempo e sem fazer perder tempo? MARIA NOS ENSINA TRÊS COISAS: 1. Levar JESUS no coração: Maria levou a Isabel o que tinha de mais precioso: JESUS. Tinha-o em seu seio e o sentia crescer cada dia. Preparar-se para o Natal significa fazer nascer Jesus em nosso coração e manifestá-lo com o nosso amor, com o nosso sorriso, com a nossa alegria.

  1. A ALEGRIA de encontrar os amigos: Quando Maria e Isabel se encontraram, sentiram uma grande alegria. Quando Jesus vive em nós, também nós podemos sentir mesma alegria

ao nos encontrar com os amigos. 3. A CARIDADE em primeiro lugar: Maria “foi às pressas” a Isabel para se colocar a seu serviço. Nesses dias que nos separam do Natal, também nós podemos fazer com alegria pequenos serviços para as pessoas que convivem conosco. Com Maria, chegaremos até Belém… Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa

 

 

 

 

NOTÍCIAS DIOCESANAS

Sexta-feira, dia 21 dezembro

06,00 hs. Missa na Catedral.

18,00 hs – Missa na Fazendinha “Vida Nova”.

Sábado 22 de dezembro –

Tarde de lazer para crianças na Sto. Expedito.

19,30 – Missa de Natal nas Igrejas São Pedro e Sto. Antônio.

Domingo 23 de dezembro

Dom Antonino celebra na Igreja Sta. Luzia (Vale Taquari).

19,30 – Encerramento das Novenas na Catedral.

24 de dezembro – Noite de Natal.

Missa nas 3 paróquias às 20,00 hs.

25 de dezembro – Natal.

09,00 – Missa na Sta. Maria.

19,30 – Missa nas 3 paróquias.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.