11 set 2018 às 09:48 hs
Homem e adolescente mortos em assentamento de Sonora serão velados em Coxim
Sheila Forato

Foto: Edição MS

Foto: Edição MS

Duas das três pessoas que morreram no assentamento Carlos Roberto Soares de Mello, em Sonora, serão velados e enterrados em Coxim. São eles Elzo Batista dos Reis, de 31 anos, e a adolescente de 16 anos.

O velório de Reis está previsto pra as 14h30, desta segunda-feira (10), na igreja Nossa Senhora Aparecida, no bairro Santa Maria. Da adolescente deve começar por volta das 16 horas, em horário a ser definido.

Foto: Edição MS

A outra vítima Marcos Antônio da Silva, de 21 anos, ficou em Sonora, onde será velado e enterrado. Os três morreram em decorrência de discussão num bar do assentamento. A polícia ainda investiga a motivação.

As informações iniciais foram de que o homem e o jovem se estranharam no final da tarde deste domingo (9) e entraram em luta corporal. Foi quando a adolescente pegou um revólver de calibre 38 e atirou contra Silva, acertando um tiro em sua testa, que transfixou, saindo na nuca.

O pai do jovem, identificado como Toninho Baiano, não deixou por menos, sacou uma pistola 6,35 mm e disparou contra a adolescente, sendo que o tiro acertou o pescoço e saiu pela boca, e Reis, alvejado por dois tiros nas costas.

Assim que foi atingido pelos tiros Reis caiu e ainda foi agredido na cabeça com pedradas. Conforme a necropsia, as pedradas que causaram sua morte. Depois de matar o casal, Toninho Baiano tentou socorrer o filho.

Ele colocou o jovem no carro e levou para o Hospital Municipal Rachid Saldanha Derzi, mas Silva não resistiu ao ferimento. Desde o ocorrido as polícias Civil e Militar trabalham para localizar Toninho, mas não encontraram. Entretanto, a expectativa é que ele se apresente até o fim do dia.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.