30 nov 2018 às 11:26 hs
Diretor do HR é preso e gerente levado para prestar depoimento no Gaeco

A operação Reagente, deflagrada nesta manhã, cumpre 17 mandados, sendo 3 de prisão preventiva e 14 de busca e apreensão

Viviane Oliveira, Bruna Pasche e Geisy Garnes
Agentes deixam hospital levando pastas de documentos (Foto: Henrique Kawaminami)

Agentes deixam hospital levando pastas de documentos (Foto: Henrique Kawaminami)

Agentes do Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado) deixaram o HR (Hospital Regional) levando duas pastas com documentação. Segundo apurado pelo Campo Grande News, o gerente administrativo Josceli Roberto Gomes Pereira foi conduzido à sede do Gaeco para prestar esclarecimento, mas não há informação de prisão.

Também foram feitas buscas na casa do diretor-presidente da unidade, Justiniano Vavas, no Bairro Carandá Bosque. Ele foi preso por posse de uma espingarda calibre 36 e deve ser liberado após pagar fiança arbitrada pela autoridade policial.

A Operação Reagente, deflagrada pelo Gaeco na manhã desta sexta-feira (3), cumpre 17 mandados, sendo 3 de prisão preventiva e 14 de busca e apreensão – em ação contra fraudes em licitações do HR. A ação mira organização criminosa responsável pelo esquema envolvendo equipamentos médicos.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.