10 out 2018 às 13:18 hs
Chefe do tráfico de cocaína da fronteira é preso em operação no Paraguai

Jorge Teófilo Samudio atuava no envio de cocaína ao Brasil de avião

Por RENAN NUCCI

A Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (Senad) prendeu nesta quarta-feira, em Bella Vista Norte, cidade que fica na fronteira com o município sul-mato-grossense de Bela Vista, Jorge Teófilo Samudio, mais conhecido como Samura, chefe do tráfico internacional aéreo de cocaína que agia no país vizinho a mando da facção criminosa brasileira Comando Vermelho. Ao todo, 11 pessoas foram presas.

Segundo Arnaldo Giuzzio, titular da Senad, Samura era braço direito do CV. “Era uma referência do Comando Vermelho da ala paraguaia da organização criminosa”, disse em entrevista ao jornal ABC Color. Em 2011, ele foi processado pelo transporte de 370 quilos de cocaína. Além dele, vários comparsas acabaram condenados. Um destes comparsas seria tio do ex-presidente do Paraguai, Horácio Cartes.

Os presos na ação da Senado foram identificados como: Eduardo Espinosa Cuevas, Pedro Candia Esquivel, Tomás Santiago Esquivel, Cándido Insaurralde, alias Caio; Hugo Vagner González Sánchez, Ramao Edes Espíndola Antunes, Mario Aníbal Acosta Arce, Elexandre López, Cándido David Insaurralde González e Luciano López.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.