31 out 2018 às 12:08 hs
“Bailarino” é detido suspeito de furtos no Vale do Taquari, em Coxim
Luma Danielle Centurion

Marcos Suelissanada Silva Ferreira, mais conhecido como “Bailarino” (Foto: Via WhatsApp/Edição MS)

Marcos Suelissanada Silva Ferreira, de 27 anos, mais conhecido como “Bailarino” foi detido pela Força Tática na noite desta terça-feira (30), em Coxim. Ele é suspeito de cometer vários furtos no bairro Vale Taquari e Vila Mariana.

Segundo informações repassadas a nossa reportagem, os policiais realizavam rondas por estarem acontecendo vários furtos na região. Quando um morador que não quis se identificar, informou que “Bailarino” seria autor do furto de uma televisão.

Imediatamente os militares iniciaram diligencias e conseguiram abordar o autor na rua 01. Após revista pessoal, onde nada de ilícito foi encontrado, o autor acabou confessando o furto e informando que a TV estava na residência de Mario Marcio Alves Soares, de 49 anos, mais conhecido como Amendoim.

Os policiais foram até a casa do mesmo, que acabou confessando que comprou o aparelho por R$ 200. Soares também informou aos policiais que na segunda-feira (29) “Bailarino” ofereceu uma arma de pressão para seu filho, porém o mesmo não comprou.

Foto: Via WhatsApp/Edição MS

Foto: Via WhatsApp/Edição MS

Questionado sobre a arma de pressão, “Bailarino” confirmou que a mesma estava em sua residência. Os policiais foram até o local e com a autorização da mãe do autor, realizou buscas e conseguiram localizar o objeto em um caixote no banheiro.

Mesmo sendo o principal suspeito de vários furtos na região do Vale do Taquari e da Vila Mariana, “Bailarino” foi ouvido pelo Delegado de plantão e logo em seguida liberado, pois não estava em flagrante, ele responderá por furto.

Já Amendoim recebeu voz de prisão em flagrante e responderá pelo crime de receptação.

Mario Marcio Alves Soares, mais conhecido como Amendoim (Foto: Via WhatsApp/Edição MS)
ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.