11 jun 2018 às 10:13 hs
Aluna é agredida por jovem dentro de ônibus na zona rural de Coxim
Coxim Agora,

 

Foto: Reprodução / Whatsapp

Um vídeo de uma jovem de 17 anos agredindo uma aluna de 14 anos que circula nas redes sociais vem causando revoltado nos internautas de Coxim. Segundo informações obtidas pela nossa reportagem o fato teria acontecido na última quinta-feira (07), dentro de um ônibus da rede pública de transporte escolar.

Nas imagens é possível ver a jovem agredir a menina com diversos socos, tapas e puxões de cabelos, em seguida ela teria colocando o dedo no olho direito da vítima que gritou de dor, e depois foi separada pelo motorista do ônibus.

A situação acabou ficando pior quando fomos informados de que a agressora não é aluna e estava de carona no ônibus, acompanhando o namorado e um amigo que são alunos.

O pai da vítima estava na fazenda a 15 km da cidade, quando notou que o ônibus parou para deixar a menina e ela não desceu, por achar estranha a situação, ele decidiu perguntar o que havia acontecido, quando foi informado por telefone que sua filha havia sido agredida dentro do ônibus e precisava de ajuda.

A menina contou ao pai que a agressora estava com o namorado e um amigo no interior do ônibus e durante as agressões colocou o dedo em seu olho e ficou correndo para um lado e para o outro por dentro, o que teria provocado uma dor muito forte.

Quando viu a menina, o pai ficou indignado com a situação, pois confiava no transporte escolar por ter imaginado que a filha poderia ir e voltar com segurança e que agora estava machucada por uma pessoa que nem aluna é.

A nossa reportagem foi informada também de que a agressora seria reincidente na pratica de agredir outros alunos, há algum tempo, ela teria agredido um garoto e teria deixado outro menino com problemas no olho por conta das agressões, os fatos ainda estão sendo apurados.

A família da menina quer justiça e aguarda o laudo médico para saber se a visão da menina foi comprometida, além disso, o pai da menina procurou a Delegacia de Polícia Civil que acionou o Conselho Tutelar para registrar o caso.

Neste final de semana, a menina teria sido submetida a uma cirurgia em Campo Grande. O Coxim Agora acompanha o caso e mais informações a qualquer momento.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.