Repórter e cinegrafista são assaltados durante transmissão de TV no Equador; veja vídeo
  • No Banner to display

  • celular

Correio do Pantanal

18 fev 2021 às 16:43 hs
Repórter e cinegrafista são assaltados durante transmissão de TV no Equador; veja vídeo

Homem chega a apontar um revólver para os profissionais. Depois de levar os celulares da equipe, assaltante foge na garupa de uma moto.

Por G1

18/02/2021 16h47  Atualizado há 15 minutos


https://imasdk.googleapis.com/js/core/bridge3.443.0_pt_br.html#goog_283990584Assista também3 minBom Dia BrasilCamarotti analisa o que deve pesar na decisão da Câmara sobre a prisão de Daniel Silveira9 minBom Dia RioPolícia indicia técnica de enfermagem que não apertou a seringa ao dar vacina contra Covid-19 em idoso2 minBom Dia MinasMulher gera o sobrinho para irmã que não pode engravidarReveja00:39/00:38

Repórter é assaltado durante transmissão ao vivo

Uma equipe de televisão do Equador foi assaltada, na semana passada, enquanto fazia uma transmissão ao vivo em frente a um estádio de futebol na região norte de Guayaquil.

Diego Ordinola, repórter da emissora Directv Sports, lamentou “não poder trabalhar tranquilo” em uma postagem feita em uma rede social.

Imagens gravadas pelo cinegrafista que acompanhava Ordinola mostram toda a ação, que durou menos de um minuto (veja no vídeo acima).

Um homem armado com um revólver aborda repórter e cinegrafista em frente ao Monumental Isidro Romero Carbo, estádio do tradicional Barcelona de Guayaquil.

Equipe de TV é assaltada durante transmissão ao vivo no Equador — Foto: Reprodução/Directv Sports

Ele pede pelo celular do repórter, que tenta argumentar. Neste momento, ele aponta a arma para o operador de câmera que entrega o seu aparelho, sem deixar de gravar o assalto.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

Com o celular em mãos, o assaltante foge. É possível ouvir o repórter pedindo ajuda para alguém chamar a polícia.

O cinegrafista, que tenta correr atrás do assaltante, consegue gravar o momento em que ele monta na garupa de uma moto.

Ordinola agradeceu o apoio que recebeu do público após o assalto, e disse que a polícia investiga o caso.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: