Covax entregará 237 milhões de doses de vacinas a 142 países até maio

Correio do Pantanal

2 mar 2021 às 15:05 hs
Covax entregará 237 milhões de doses de vacinas a 142 países até maio

Cronograma de entrega prevê dois agendamentos de dois meses

Publicado em 02/03/2021 – 14:21 Por Emma Farge e Stephanie Nebehay e Kate Kelland – Repórteres da Reuters – Genebra (Suíça) e Londres

Reuters
Vacinação drive-thru contra a covid-19 no Parque da Cidade, em Brasília.

O programa de fornecimento de vacinas Covax anunciou nesta terça-feira (2) que entregará 237 milhões de doses do imunizante contra covid-19 da AstraZeneca a 142 nações até o fim de maio, uma vez que tem conseguido acelerar a distribuição global.

O cronograma para entrega das doses, feitas pela AstraZeneca e pelo Instituto Serum da Índia, se dividirá em dois agendamentos de dois meses, informou o Covax em comunicado, sendo o primeiro no período de fevereiro a março e o segundo, de  abril a maio.

“Esses cronogramas são dependentes de uma variedade de fatores, inclusive exigências regulatórias nacionais, disponibilidade de suprimentos e cumprimento de outros critérios, como mobilização nacional confirmada e planos de vacinação”, destaca o comunicado.

O Covax é o programa apoiado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para providenciar vacinas para países pobres e de renda média, e começou a distribuição na semana passada em Gana e na Costa do Marfim.

Saudando a campanha como uma “parceria inédita”, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que Angola, Camboja, República Democrática do Congo e Nigéria também vão contar com remessas de vacinas fornecidas pelo Covax nesta terça-feira.

O Covax acrescentou que, além da primeira rodada de alocações de vacina da AstraZeneca, cerca de 1,2 milhão de doses da vacina Pfizer-BioNTech devem ser entregues no primeiro trimestre deste ano.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.