Condenado a quatro meses de prisão na Dinamarca por tossir sobre polícias

Correio do Pantanal

18 fev 2021 às 15:55 hs
Condenado a quatro meses de prisão na Dinamarca por tossir sobre polícias
Homem estava sob efeito de álcool
Homem estava sob efeito de álcoolFoto: AFP

JN/AgênciasHoje às 18:22

Um jovem foi condenado esta quinta-feira a quatro meses de prisão na Dinamarca por “tentativa de violência” contra funcionários públicos, depois de ter tossido a poucos centímetros de distância de dois polícias enquanto gritava “corona”, anunciou o Supremo Tribunal.

O jovem, de 20 anos, estava a regressar de uma festa de aniversário em Aarhus, no oeste, quando a polícia fez uma operação de rotina no dia 29 de março de 2020, durante o primeiro semi-confinamento no país.

Em estado embriagado, o jovem gritou “corona” e tossiu na direção de dois polícias a 50 centímetros de distância.

Apesar de não estar infetado com a covid-19 e ter explicado que o ato se deveu aos efeitos do álcool, a polícia deteve-o.

O arguido foi libertado em primeira instância e condenado a três meses de prisão na fase de recurso, sentença que foi agora então reforçada devido a novas disposições legais, segundo o Supremo Tribunal Federal.

Dinamarca regista até agora 205 597 contágios e 2316 mortes atribuídas à covid-19.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.