Coronel David com emendas destinadas a projetos de proteção às vítimas de violência doméstica

Correio do Pantanal

11 mar 2021 às 10:59 hs
Coronel David com emendas destinadas a projetos de proteção às vítimas de violência doméstica

Parlamentar trabalha incansavelmente contra agressores de mulheres ao mesmo tempo em que idealiza e participa de ações de proteção às vítimas

Quando o assunto é políticas públicas para a mulher, o deputado estadual Coronel David (sem partido) é reconhecido não só na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, mas em todos os órgãos que compõem a segurança pública do Estado e também entre integrantes de projetos de proteção às vítimas de violência doméstica. O parlamentar destinou mais de R$ 140 mil em emendas para compra de veículo e equipamentos entregues a associações voltadas exclusivamente para o público feminino.

 A Associação de Mulheres Independentes na Ativa (Amina), situada no município de Anastácio, foi beneficiada com mais de R$ 90 mil para compra de veículos e equipamentos permanentes. O Programa Mulher Segura, da Polícia Militar do Mato Grosso do Sul (Promuse) também recebeu R$ 50 mil por meio de emenda parlamentar do Coronel David para aumentar e aperfeiçoar os atendimentos.

Na Semana Estadual da Mulher, o parlamentar voltou a enfatizar que as vítimas da violência doméstica devem denunciar as agressões. “Minha dica para as mulheres que são vítimas de violência doméstica é: não se calem”.

Coronel David trabalha incansavelmente contra agressores de mulheres ao mesmo tempo em que idealiza e participa de ações de proteção às vítimas.

Além de destinar recursos para melhoria dos atendimentos nas organizações voltadas ao atendimento exclusivo das mulheres, ele já criou cartilha POP (Procedimento Operacional Padrão) para humanizar o atendimento dos militares às vítimas de violência doméstica; elaborou documento para informar pessoas do sexo feminino sobre tipos de agressão e propôs Projeto de Emenda Constitucional que impede a contratação de condenados por violência doméstica no serviço público.

A cartilha POP idealizada por David é adotada por todos os órgãos da segurança pública de Mato Grosso do Sul e usada também em outras unidades federativas. Na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, além de ser autor da PEC que impede a contratação de agressores, ele já presidiu a Comissão dos Direitos da Mulher e Combate a Violência Doméstica e Familiar.Fonte: Maressa Mendonça – DRT 1361/MSVoltar

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.