1 fev 2019 às 00:03 hs
Guaidó denuncia invasão de sua casa pela polícia de Maduro

NOTICIAS AO MINUTO

© Carlos Garcia Rawlins/Reuters

autodeclarado presidente da Venezuela, Juan Guaidó, denunciou nesta quinta-feira (31), através do Twitter, a invasão de sua casa por agentes da Força de Ação Especial da Polícia Nacional Bolivariana (FAES) em sua casa. Guaidó afirmou que torna “o cidadão Nicolás Maduro responsável pela integridade” de sua filha, que está na residência.

A FAES é considerada a ala mais temível da Polícia Nacional.

+Parlamento Europeu reconhece Guaidó como presidente

“Neste momento, o FAES está em minha casa, na casa de minha família. Eu faço o cidadão Nicolás Maduro responsável pela integridade da minha filha que está lá.” publicou no Twitter.

Juan Guaidó

@jguaido

En este momento el FAES está en mi domicilio, en mi casa familiar. Hago responsable al ciudadano Nicolás Maduro, por la integridad de mi hija que allí se encuentra.

54.1K people are talking about this

O opositor foi até sua casa acompanhado de sua equipe e de uma série de jornalistas. Os agentes não estavam mais no local e sua esposa, Fabiana Rosales, e filha, Miranda de 20 meses, estavam bem.

Em seguida Guaidó fez um pronunciamento aos jornalistas no local, ele afirmou que foi alertado sobre a presença dos agentes da FAES por vizinhos. De acordo com testemunhas os agentes chegaram na casa de Guaidó em uma motocicleta e em uma caminhonete.

Não tinham nenhum tipo de ordem oficial, o objetivo era apenas gerar medo”, afirmou, com a filha em seus braços. “Mas não conseguiram”.

“Não temos nada a temer, estamos fazendo o correto”, disse. “A família é sagrada. Os filhos são sagrados. A esposa é sagrada. Não ultrapassem a linha vermelha”, completou.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.