Campus Coxim do IFMS completa uma década com novos desafios

Correio do Pantanal

2 fev 2021 às 20:41 hs
Campus Coxim do IFMS completa uma década com novos desafios

Ascom/ML

Campus Coxim do IFMS completa uma década de existência em 2021 (Foto: IFMS/divulgação)

Janeiro de 2021 marcou o aniversário de 10 anos de seis campi do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS). Ao iniciar uma nova década de existência, eles se juntam ao Campus Nova Andradina, primeiro da instituição a entrar em funcionamento, no ano de 2010 e atualmente completando 11 anos.

As unidades do Instituto em Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Ponta Porã e Três Lagoas foram autorizadas a funcionar por meio de uma portaria do Ministério da Educação (MEC), publicada no dia 31 de janeiro de 2011.

A publicação oficializou o início da oferta de cursos técnicos integrados nos respectivos municípios. Posteriormente, os campi também passaram a oferecer outros cursos técnicos, de graduação, de qualificação profissional, idiomas e especialização.

O aniversário consolida a presença da instituição nas regiões em que as unidades se encontram, contribuindo para o atendimento das demandas locais.

Também abre a perspectiva para novos desafios, buscando atender a missão da instituição que é de promover a educação de excelência por meio do ensino, pesquisa e extensão nas diversas áreas do conhecimento técnico e tecnológico, voltada a formar profissionais humanistas e inovadores.

“O IFMS já completou 12 anos e, neste período, com a criação dos campi, uma a uma, as regiões do Estado receberam oportunidades novas. A instituição trouxe um novo jeito de pensar a educação profissional para Mato Grosso do Sul, com inovação e preocupação com a formação integral do estudante. Além disso, a pesquisa científica ganhou mais importância com os trabalhos desenvolvidos por nossos estudantes e professores”, explica a reitora, Elaine Cassiano.

Olhar para o futuro –Ao comemorar o primeiro decênio de existência, os campi planejam a próxima década de atividades e contribuições para a expansão da ciência e da formação integral em Mato Grosso do Sul.

Na região do Alto Taquari, o Campus Coxim possui dez municípios em sua área de abrangência, com uma população de mais de 130 mil habitantes. São seis cursos técnicos (integrados e subsequentes), quatro de graduação e um de especialização, além dos de idiomas, qualificação profissional e a distância. O foco de atuação é nos eixos tecnológicos Informação & Comunicação, Produção Alimentícia e Recursos Naturais.

A sede do IFMS na cidade possui mais de 6 mil metros de área construída, que abriga laboratórios, salas de aula e administrativas, permitindo também a realização de atividades voltadas para práticas esportivas e culturais, desenvolvimento de pesquisas, projetos de extensão e ideias inovadoras, além dos cursos ofertados.

“Nossa intenção tem sido a de consolidar a oferta de educação técnica e tecnológica, gratuita e de qualidade, no norte do Estado, com o intuito de promover o desenvolvimento regional através da formação de profissionais habilitados para o mundo do trabalho”, explica a diretora-geral do Campus Coxim, Ângela Kwiatkowski.

“Nos próximos anos, pretendemos continuar fortalecendo nossos cursos já implantados e diversificar a oferta de educação a distância. Também vamos buscar parcerias estratégicas para a região, além da construção do barracão de aquicultura e pesca e da estruturação das áreas de convivência”, completa a diretora.

Unidades – Além das unidades em Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas, o IFMS também possui campi em Dourados, Jardim e Naviraí, que entraram em funcionamento posteriormente e também oferecem cursos técnicos, de graduação e especialização, além dos de idiomas, qualificação e a distância.

Mais informações sobre a implantação dos campi estão disponíveis na página História do IFMS.

Dez anos do IFMS –A instituição foi criada no dia 29 de dezembro de 2008, data de publicação da Lei nº 11.892, que instituiu a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. O IFMS completou dez anos de criação em 2018 e uma série de eventos marcou a data.

Foram realizadas homenagens a ex-gestores, jovens que se formaram no Instituto Federal e parceiros públicos e privados. Além disso, o o IFMS foi o vencedor do concurso para a escolha do selo comemorativo dos 10 anos dos Institutos Federais, promovido pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif). print

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.