Caminhão boiadeiro parado na fronteira levava quase 5 toneladas de maconha

Correio do Pantanal

4 fev 2021 às 20:47 hs
Caminhão boiadeiro parado na fronteira levava quase 5 toneladas de maconha

Caminhão boiadeiro parado na fronteira levava quase 5 toneladas de maconhaApreensão ocorreu na madrugada de hoje no município de Coronel Sapucaia

CGNews/PCSImprimirFardos de maconha foram descarregados debaixo de chuva (Foto: Divulgação/DOF)

Caminhão boiadeiro “recheado” de droga foi apreendido na madrugada de hoje (4) por policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) quando tentava deixar a fronteira com o Paraguai. Preso em flagrante, o motorista disse que levaria a carga para Goiás.

Debaixo de capim usado para alimentação de cavalos, foram encontrados 4.872 quilos de maconha, 26 quilos de skunk, a chamada “super maconha”, e 2 quilos de haxixe, outro subproduto da droga cultivada no lado paraguaio da fronteira.

O caminhão foi parado na rodovia MS-289, no município de Coronel Sapucaia, a poucos quilômetros de Capitán Bado, uma das bases do crime organizado na linha internacional.

Questionado sobre o motivo da viagem, o motorista disse que tinha ido a Coronel Sapucaia para transportar três equinos. Ao revistar o fundo debaixo da forragem usada para alimentação dos animais os policiais encontraram os fardos de droga.

O homem de 37 anos de idade disse que tinha sido contratado para entregar a droga no Estado goiano. O nome dele não foi divulgado. O caso foi encaminhado para a Polícia Civil em Amambai, onde o motorista foi autuado em flagrante.

Notícias relacionadas

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.