A Rainha Elizabeth fez um anúncio antecipado sobre quem ficará em seu lugar
  • piramide

Correio do Pantanal

9 maio 2022 às 22:08 hs
A Rainha Elizabeth fez um anúncio antecipado sobre quem ficará em seu lugar

BY SARAH JONES

Joe Giddens – by WPA Pool/Getty Images

É um fato duro de se encarar, mas um dia a Rainha morrerá e deixará o Reino Unido na espera de um novo regente. Agora, no seu ano de jubileu de platina – algo que pouquíssimos monarcas, e nenhum deles britânico, jamais alcançou –anunciou quem ela gostaria que a substituísse. E pode vir a ser uma bela surpresa.

Os tempos estão mudando

Richard Pohle – WPA Pool/Getty Images

A Rainha Elizabeth agora tem 95 anos e compreensivelmente tem reduzido sua carga de trabalho nos últimos anos. E, é claro, o fato de seu marido, o Príncipe Philip, ter falecido mudou bastante as coisas. Nestes dias, é seu filho e herdeiro, Príncipe Charles, que está do seu lado em importantes eventos reais.

Envelhecendo graciosamente

Steve Parsons-WPA Pool/Getty Images

De acordo com Peter Hunt, que foi no passado repórter da família real para a BBC, a Rainha planeja “desaparecer graciosamente”. Ele disse ao jornal The New York Times, em 2021, “A covid ajudou no sentido de que acelerou o que qualquer mulher inteligente de 95 anos gostaria de fazer, e que é não ficar de pé o dia todo.” 

Planos de platina

Jack Hill – WPA Pool / Getty Images

E a Rainha não é nada mais, nada menos, do que uma mulher inteligente. Aparentemente, mesmo os planos para as celebrações do jubileu de platina foram estabelecidos cuidadosamente de maneira que ela não tivesse participações constantes demais durante eles. Em lugar disso, serão William, Kate, Charles e Camilla que cuidarão de quase todo o trabalho pesado.Keep Watching

Dez coisas notáveis

Indigo/Getty Images

“Me lembro da Princesa Anne falando, durante o tempo todo do jubileu de diamante, que a família teve de se reunir para conseguir que a Rainha e o Príncipe Philip não se cansassem demais,” disse o historiador real Hugo Vickers ao jornal The Guardian em janeiro de 2022. “Então acho que [a Rainha] vai cuidar de 10 coisas notáveis que serão de alto nível”.

O herdeiro

Kirsty O’Connor – WPA Pool/Getty Images

Há uma grande chance de que os fãs da família real verão Charles mais vezes este ano. O tabloide britânico The Sunafirmou que ele, realmente, falou com o Príncipe Philip em seu leito de morte sobre tomar para si cada vez mais compromissos da família real. Basicamente, no momento Charles está servindo como substituto de Philip entre os membros reais.

Futuros reis

Tolga Akmen – WPA Pool/Getty Images

Um informante anônimo disse ao jornal que o “papel mais significativo e ativo” de Charles era “um claro sinal de que a Rainha não quer que a coroa ‘pule’ uma geração e que o Príncipe Charles começará a receber responsabilidades maiores na vida real”. Espere – “pular” uma geração era uma opção?

Pai versus filho

Chris Jackson/Getty Images

Bem, muita gente sugeriu que seria bom para a monarquia se eles fizessem exatamente isso – “pulassem” Charles e passassem a coroa diretamente a William, assim que a Rainha falecer. Afinal, William é a figura mais popular. Mas independente do interesse do público nessa área, isso quase que certamente nunca acontecerá.

Regras e regulamentos

Chris Jackson – WPA Pool/Getty Images

Não tem havido nenhum indicativo de que a Rainha quer que sua coroa vá para William em vez de Charles. E mesmo se quisesse isso, ela não tem o poder de providenciar isso sozinha. Uma lei inteira teria de ser alterada, ou seja, o Act of Settlement, de 1701, e isso levaria um bom tempo. Sendo assim, Charles será o próximo rei.

Planejando o futuro

Bettmann/Getty Images

Provavelmente, haverá muito mais coisas acontecendo, no entanto, quando a transição de Elizabeth para Charles for realizada. Afinal, ela esteve sentada no trono por tanto tempo que poucos realmente sabem da complexidade do que acontece quando um monarca morre e um novo toma seu lugar. Mas para alguns, é seu verdadeiro trabalho planejar isso.

Notícias arrasadoras

Keystone/Getty Images

Quando o pai de Elizabeth, George VI, morreu, e ela se tornou Rainha, a era da internet e das redes sociais ainda estava longe de existir. A BBC foi a primeira organização a noticiar, mas, mesmo naquela época, ela só revelou a notícia depois de várias horas do fato ter ocorrido. Nos tempos modernos, contudo, todos provavelmente saberiam quase que imediatamente.

Mrs. Robinson

Joe Giddens – by WPA Pool/Getty Images

Os obituários da Rainha começarão a aparecer nos sites de notícias no momento em que o fato acontecer, e terão sido planejados com anos de antecedência. Os canais de notícias já até ensaiaram exatamente o que dirão a seu público no dia, usando o nome “Mrs. Robinson” em vez de “Rainha Elizabeth”.

Primeiro dia como regente

Max Mumby/Indigo/Getty Images

E enquanto tudo isso está se passando, Charles assume como Rei, mesmo que tenha de esperar por sua coroação oficial. Isso significa que ele é aquele que por fim assina todos os preparativos do funeral de sua mãe. Ele também é quem deverá fazer seu discurso inaugural como o novo chefe de Estado no mesmo dia da morte da Rainha.

O talvez Rei Charles

Hugo Burnand-Pool/Getty Images

Então, Charles será o Rei Charles III – será? Tem havido com frequência especulações de que ele possa mudar seu nome assim que se tornar rei de verdade. Afinal de contas, o primeiro Rei Charles terminou decapitado, o que não é um bom presságio. Sendo assim, será que ele vai usar o que é chamado de nome de reinado, ou manter o Charles?

Os Charles e os Georges

Stuart C. Wilson/Getty Images for Ascot Racecourse

“Charles também tem a opção de escolher um de seus nomes do meio,” disse a historiadora real Carolyn Harris à revista Reader´s Digest, em 2020. “Se ele vier a escolher George, seria George VII, com seu neto Príncipe George de Cambridge vindo provavelmente a se tornar George VIII.” Certamente é uma possibilidade.

Escândalos passados

TIM GRAHAM/Getty Images

Mas há um outro problema em torno da ascensão do Rei Charles: sua esposa. Camilla, Duquesa da Cornualha, não é a mãe dos herdeiros de Charles. A mãe era a Princesa Diana. E Camilla foi amante de Charles antes que ela acabasse por se casar com ele, nos anos que se seguiram à morte de Diana. Alguns acham que isso a torna inadequada a uma alta posição na família real.

Ataques públicos

Mathieu Polak/Sygma/Sygma via Getty Images

Nos preparativos para o casamento de Camilla com o Príncipe Charles, ela era incrivelmente impopular. Quando a notícia de que ela tinha se encontrado com Charles enquanto ambos eram casados com seus respectivos cônjuges veio à público, houve uma raiva generalizada. Dizem que até jogaram pãezinhos nela numa loja, numa certa ocasião.  

Duquesa, não Princesa

Anwar Hussein/WireImage/Getty Images

Portanto, quando Camilla enfim se casou com Charles, ela escolheu não usar o título de Princesa de Gales, mesmo que tecnicamente pudesse fazer isso. Provavelmente adivinhou que o povo veria esse ato como uma tentativa de usurpar a posição da falecida Diana, e então decidiu em vez disso por Duquesa da Cornualha.

Não é rainha

POOL/Tim Graham Picture Library/Getty Images

Mesmo naquela época, o povo se perguntava como ela decidiria ser chamada quando Charles se tornasse rei, e essa pergunta tem persistido até hoje. A história foi sempre a mesma: embora Charles possa ter desejado que Camilla fosse sua Rainha Consorte, ela teria de ficar com o título menor de Princesa Consorte.

Anúncio repentino

Chris Jackson – WPA Pool/Getty Images

A Clarence House (residência do Príncipe Charles) até declarou em 2020, “A intenção é que a Duquesa seja conhecida como Princesa Consorte quando o Príncipe subir ao trono. Isso foi anunciado no momento do casamento e não há nenhuma chance de que venha a ser assim”. Mas, depois, repentinamente, houve uma chance – e o anúncio veio da própria Rainha.

Ordem da Rainha

Anwar Hussein/WireImage/Getty Images

Em 6 de fevereiro de 2022, a fim de marcar o aniversário do dia em que subiu ao trono, a Rainha disse em uma declaração que desejava que Camilla um dia viesse a ser chamada de Rainha Consorte. Não foi só isso: a afirmação foi muito amável em relação à Camilla como pessoa, também.

No seu devido tempo

Glyn Kirk – WPA Pool/Getty Images

A declaração da Rainha diz o seguinte: “Quando, no seu devido tempo, meu filho Charles se tornar Rei, sei que vocês darão a ele e sua esposa, Camilla, o mesmo apoio que têm me dado; e é meu sincero desejo que, quando for o momento, Camilla seja conhecida como Rainha Consorte, pois continua com seu leal serviço.”

Sua querida esposa

Chris Jackson/Getty Images

Então, o Príncipe Charles soltou sua própria declaração para expressar seu prazer com as notícias. “Estamos profundamente conscientes da honra representada pelo desejo de minha mãe,” disse ele. “À medida que buscamos juntos servir e apoiar Sua Majestade e as pessoas de nossas comunidades, minha querida esposa tem sido meu apoio constante.”

Ignorando Camilla

Tim Graham Photo Library via Getty Images | Anwar Hussein/Getty Images

A declaração da Rainha é ainda mais excepcional considerando que ela e Camilla nem sempre se deram bem. Pelo fato de Camilla ter sido no passado amante de Charles, houve com frequência tensões sérias entre as duas. Diz-se que por um tempo a Rainha se negou terminantemente a conversar com seu filho sobre Camilla.

Extremamente chateado

Tim Graham Photo Library via Getty Images

Aparentemente, a Rainha nem mesmo se encontrou pessoalmente com Camilla até 2000, vários anos depois da morte de Diana. Um artigo da BBC daquele ano dizia: “Sabe-se que o Príncipe Charles está extremamente chateado por sua mãe não ter comparecido ao seu 50º aniversário em Highgrove (casa de campo de Charles), dois anos atrás, porque Camilla era uma das convidadas.”

Desaprovação

Tim Graham Photo Library via Getty Images

Biógrafos e jornalistas têm escrito muito sobre o relacionamento entre Charles, Camilla e a Rainha, durante esse tempo. Aparentemente não era dos melhores. O autor Tom Bower escreveu no jornal Daily Mail em 2018 que a Rainha e sua mãe “desaprovavam categoricamente o relacionamento de Camilla e Charles.”

Mulher má

Tim Graham Photo Library via Getty Images | David Cheskin – PA Images/PA Images via Getty Images

De acordo com Bower, uma noite, depois que a Rainha tinha tomado “vários martinis”, ela informou Charles de que “ela não aprovaria seu adultério, nem perdoaria Camilla por não deixar Charles em paz e permitir que seu casamento se recuperasse.” É dito também que chamou Camilla de “aquela mulher má”, o que levou Charles às lágrimas.

Descongelando

UK Press/Getty Images

Parece que salvar o relacionamento depois disso estaria fora de cogitação. Mas Camilla continuou muito presente na vida de Charles, e parece que a Rainha lentamente começou a sentir afeição por ela. O expert da Família Real, Howard Hodgson, disse ao jornal Daily Express em 2021 que a monarca “provavelmente estava se sentindo culpada de acreditar em algo que talvez não tinha lido, mas que tinham dito a ela [sobre Camilla]”.

Interesses comuns

John Stillwell – Pool/Getty Images

E o que aconteceu foi que as duas mulheres tinham muito em comum, também. Ambas adoravam dançar, especialmente ballet – cada uma até atuou como patrona da Royal Academy of Dance. E, como muitos outros membros da família real britânica, as duas adoram cavalos.

Dia da cerimônia de casamento

Hugo Burnand/Pool/Getty Images

Assim, no momento em que a cerimônia de casamento de Charles e Camilla finalmente aconteceu, em 2005, a Rainha parecia feliz por eles. Embora não tenha estado presente ao serviço do casamento em si, citando suas crenças religiosas sobre divórcio e um novo casamento, a Rainha esteve na benção do casal, na igreja, e então deu um elogioso discurso durante a recepção da cerimônia.

Deu tudo certo

Anwar Hussein Collection/ROTA/WireImage/Getty Images

A Rainha, segundo se sabe, fez um discurso baseado na equitação, no qual ela dava boas-vindas à Camilla, como se chegasse ao “recinto do vencedor”, e elogiava o casal por ter ultrapassado com sucesso “terríveis obstáculos”. Concluiu dizendo, “Eles sobreviveram, e estou muito orgulhosa e lhes desejo o bem. Deu tudo certo para meu filho com a mulher que ele ama.”

O papel de uma consorte

Anthony Devlin-WPA Pool/Getty Images

E agora, contra todas as expectativas, as duas mulheres são na verdade amigas. O fato de a Rainha Elizabeth dar as rédeas à Camilla é uma alta honraria, com certeza, é claro. Também significa que ela acredita que Camilla está realizando um ótimo trabalho no seu cargo atual. Porque a responsabilidade da Rainha Consorte é basicamente ajudar o rei, e Camilla tem realizado uma função semelhante com Charles.

Performance a dois

Chris Jackson/Getty Images

Quando Charles subir ao trono, Camilla será para ele o que o Príncipe Philip foi para a Rainha Elizabeth. Ela estará a seu lado sempre que ele for a eventos oficiais da realeza e a serviços importantes. Mas ela fará algumas coisas também, tais como inaugurar novos prédios e encontrar com pessoas do povo.

Apoio da família

Max Mumby/Indigo/Getty Images

Outros membros da família real estão, como é dito, satisfeitos que Camilla tenha recebido reconhecimento da parte da Rainha, mesmo que elas não venham a ter a palavra final nesses assuntos. O Príncipe William tem “apoiado” a decisão tomada, com relação a sua madrasta, de acordo com uma “fonte privilegiada do palácio”, a qual falou ao Daily Mail depois do anúncio inicial.

Mudando o relacionamento

Anwar Hussein Collection/ROTA/WireImage/Getty Images

Outro informante disse ao jornal, “Houve divergências familiares imensas no começo do casamento de Charles e Camilla, à medida que todos começavam a se sentir confortáveis em suas posições. William não tinha o melhor dos relacionamentos com seu pai naquele momento. Mas ele vê que Camilla tinha feito seu pai feliz e é algo que aceitou.”

Respeito

Max Mumby/Indigo/Getty Images

“[William] não é particularmente próximo de sua madrasta, mas eles se dão perfeitamente bem e são uma família bem unida agora,” acrescentou a fonte. “Ele também respeita sua avó e o julgamento dela mais que qualquer coisa no mundo. Se está certo para ela, então estará certo para ele.”

Não é uma madrasta má

Indigo/Getty Images

Quanto ao Príncipe Harry, que, é claro, também é enteado de Camilla, ele não comentou sobre o caso ainda. Parece improvável que venha a contestar a declaração, no entanto. Falando com a imprensa em seu 21º aniversário, em 2005, ele disse que Camilla “não é a madrasta má” e que ele e William “a amam muito”.

Como você se sente?

Geoff Pugh – WPA Pool/Getty Images

E quanto à reação da própria Camilla? Bem, conforme o esperado, ela não deu muita importância e não falou com a imprensa. Mas alguns dias depois do anúncio, Camilla foi à inauguração de uma cozinha comunitária em Londres. E de acordo com a revista Hello!, um fã lhe disse, “Como se sente? Porque o povo quer saber.”

Coroação conjunta

Karwai Tang/WireImage/Getty Images

“Me senti muito honrada,” respondeu Camilla. “Muito honrada e muito tocada.” Ela já está muito, muito distante da amante que foi odiada pelo público em geral. Claro que há muito mais por vir – e um pouco disso já está planejado. Charles quer que Camilla o acompanhe em sua coroação quando for o momento, por exemplo.

A coroa

Steve Reigate – WPA Pool/Getty Images

Aparentemente, Charles quer que ele e Camilla recebam suas coroas durante a mesma cerimônia. Pelo que se sabe, Camilla receberá a coroa que no passado pertenceu à Rainha Mãe, a esposa do Rei George VI, que foi a Rainha Consorte mais recente. E quando isso acontecer, colocará Camilla de igual para igual com os mesmos membros da realeza que no passado a desaprovaram.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.