A águia perdida que desviou 8 mil km da rota e foi parar nos EUA
  • piramide

Correio do Pantanal

19 jan 2022 às 22:39 hs
A águia perdida que desviou 8 mil km da rota e foi parar nos EUA
  • Camilla Veras Mota – @cavmota
  • Da BBC Brasil em São Paulo

19 janeiro 2022, 07:59 -03

Close em uma águia-marinha-de-steller
Legenda da foto,Espécie é nativa do norte da Ásia, mas uma delas foi parar do outro lado do planeta – e acabou virando celebridade local

A águia-marinha-de-steller (Haliaeetus pelagicus) é um pássaro enorme: a envergadura pode passar de dois metros, e o peso, dos 9 kg.

É uma ave rara, vulnerável – com população estimada pela International Union for Conservation of Nature em 4 mil indivíduos -, que vive no norte da Ásia, na região entre a Sibéria, na Rússia, o Japão e a China.

Uma delas, contudo, está há um ano e meio longe de casa. Bem longe, a cerca de 8 mil quilômetros de distância.

Avistada pela primeira vez em agosto de 2020 no Estado americano do Alasca, a águia já foi vista no Texas, no sul do país, depois em Nova Scotia, no Canadá e, mais recentemente, em Massachusetts e no Maine, no nordeste dos EUA. Com uma mancha branca na asa esquerda que a torna fácil de reconhecer, virou uma espécie de celebridade local.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.