13 fev 2018 às 08:39 hs
Netanyahu discute com norte-americanos anexação de colonatos

REUTERS/DENIS BALIBOUSE

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, declarou hoje que discute “há algum tempo” com a administração norte-americana planos para anexar os colonatos da Cisjordânia ocupada, segundo um dos seus porta-vozes.

“Acerca da anexação, posso dizer-vos que já há algum tempo falo com os norte-americanos sobre o assunto”, afirmou Netanyahu diante dos deputados do seu partido, o Likud (direita), de acordo com a mesma fonte.

Numa entrevista divulgada no domingo pelo diário gratuito Israel Hayom, o Presidente norte-americano, Donald Trump, expressa a sua preocupação com a expansão dos colonatos israelitas, embora a sua administração seja bastante menos crítica da colonização do que a do seu antecessor Barack Obama.

Os colonatos, em território palestiniano ocupado (Cisjordânia) ou anexado (Jerusalém oriental) são considerados ilegais pelas Nações Unidas.

“Os colonatos complicam muito a situação e sempre dificultaram as negociações de paz, por isso penso que Israel deve ter muito cuidado com os colonatos”, disse Trump na entrevista, onde declara não ter a certeza de que Israel queira concluir um acordo de paz com os palestinianos.

“Por enquanto, diria que os palestinianos não estão a tentar fazer a paz. E não estou completamente seguro de que Israel procura fazer a paz”, afirmou.

Trump disse ao Israel Hayom que as relações entre os dois países são “muito boas”, mas que um acordo de paz com os palestinianos as tornaria “ainda melhores”.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.