13 fev 2018 às 09:35 hs
Agesul diz que MS-475 onde morreu passageiro de caminhão na cratera está bem sinalizada

Acidente aconteceu na noite de domingo (11) e os bovinos do veículo também morreram com o impacto. O buraco foi aberto com as chuvas de janeiro.

Desvio foi criado para escoar produção agrícola depois da cratera na MS-475 (Foto: Agesul/Divulgação)

Desvio foi criado para escoar produção agrícola depois da cratera na MS-475 (Foto: Agesul/Divulgação)

A Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), responsável pela manutenção das rodovias estaduais de Mato Grosso do Sul, informou que o local da cratera na MS-475, em Novo Horizonte do Sul, está bem sinalizado e o acidente que matou o passageiro de 18 anos de um caminhão na noite de domingo (11) poderia ser evitado.

Segundo a assessoria, a regional da Agesul explicou que o motorista na volta para Novo Horizonte do Zul teria desconsiderado a sinalização e passado ao lado, na faixa de terra, usada para auxiliar na sinalização e indicar que no local está proibido a passagem de veículos.

Novilhas morreram em acidente na MS-475, em Novo Horizonte do Sul (MS) (Foto: PMR/Divulgação)

Novilhas morreram em acidente na MS-475, em Novo Horizonte do Sul (MS) (Foto: PMR/Divulgação)

O motorista de 23 anos ficou gravemente ferido e foi encaminhado para um hospital de Ivinhema. O passageiro morreu no hospital. A cratera foi aberta em 18 de janeiro deste ano por causa das chuvas. Os 10 bovinos transportados pelo veículo também morreram.

A assessoria ainda informou que as obras de recuperação desse trecho devem começar ainda nesta semana, quando a chuva der uma trégua. A população deve evitar passar pelo local. Para isso, foi construído um desvio.

Asfalto cedeu e abriu cratera na MS-475, em Novo Horizonte do Sul (MS), que está interditada (Foto: Prefeitura de Novo Horizonte do Sul/ Divulgação)

Asfalto cedeu e abriu cratera na MS-475, em Novo Horizonte do Sul (MS), que está interditada (Foto: Prefeitura de Novo Horizonte do Sul/ Divulgação)

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.