19 jan 2018 às 09:45 hs
Após ter autorização de Schimidt, Paulo Duarte vai migrar para o MDB

TOP MÍDIA NEWS

Foto: Elis Regina

O ex-prefeito de Corumbá e ex-deputado estadual Paulo Duarte (PDT) irá migrar para o MDB, após meses de articulação. Duarte conversou com o presidente estadual do PDT, João Leite Schimidt, e obteve autorização para mudar de partido. A informação havia sido adiantada pelo TopMídiaNews em outubro do ano passado.

Assim, a campanha de Odilon de Oliveira enfrenta a primeira baixa.

O convite foi feito pelo diretório estadual do PMDB (ainda antes da mudança de nome) no segundo semestre do ano passado. A filiação estava marcada para acontecer em 02 de dezembro, junto com a posse de André Puccinelli como presidente estadual do PMDB. Entretanto, Paulo Duarte preferiu esperar para poder conversar com Schimidt, antes de dar uma resposta.

“Não tenho nada contra o PDT, nem contra a candidatura do Odilon. Todos os convites que recebi, eu levei ao conhecimento de Schimidt. Nós conversamos bastante. Tenho orgulho d a minha trajetória dentro do PDT. eu recebi o convite de vários partido e tenho conversado. Essas tratativas tenho falado com João leite Shmidt, que tenho uma amizade pessoal”, disse Duarte.

Paulo Duarte explicou que um dos motivos para sua mudança de partido é sua ligação com o senador Waldemir Moka (PMDB). “Fui prefeito de Corumbá por quatro anos e a ajuda de Moka foi importante para Corumbá. Ele ajudou a concluir projetos iniciados pro Delcídio. Como sou pré-candidato a deputado estadual é importante ter ligação com Brasília”, disse.

Em relação a André Puccinelli, Duarte lembrou que foi oposição ao seu governo durante seis anos de gestão. “Mesmo sendo oposição a ele, fui prefeito por dois anos durante a sua gestão e ele sempre me tratou de forma adequada e sempre com comportamento digno perante Corumbá”, disse.

Puccinelli destacou que Paulo Duarte será um bom nome na disputa na chapa proporcional nas eleições desse ano. “Mais uma conquista em Corumbá. É um grande nome, certamente será eleito deputado estadual novamente, disse.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.