12 jan 2018 às 10:02 hs
Erosões expõem água na superfície de Marte

NOTICIAS AO MINUTO

© DR

Depósitos de água gelada ficaram expostos na superfície de Marte por conta de erosões a que o planeta está sujeito, revela um estudo divulgado nesta quinta-feira (11).

O gelo detectado pela sonda norte-americana MRO encontra-se a profundidades variáveis,  que vão de um a mais de cem metros e estão em oito locais.  A sonda visa procurar vestígios de água no Planeta Vermelho.

Segundo os autores do estudo publicado na revista científica ‘Science’, o gelo é relativamente recente, uma vez que há poucas crateras na superfície dos locais onde foi detectado.

Já se sabia que Marte tinha água gelada em algumas zonas. Contudo, o novo estudo ajuda a clarificar algumas questões, como a sua pureza, extensão e espessura.

A investigação conduzida por cientistas de diversas universidades norte-americanas sugere que o gelo distribui-se em camadas distintas, que podem indicar alterações climáticas em Marte ao longo do tempo.

A partir dos dados recolhidos pela sonda, a equipe de investigadores estima que a quantidade de gelo está diminuindo poucos milímetros a cada verão marciano.

O gelo encontrado em Marte pode ser uma fonte útil de água para futuras missões humanas no planeta, além de afetar a sua geomorfologia, poder conservar vestígios da evolução do clima e influenciar a sua ‘habitabilidade’, explica um comunicado da American Association for the Advancement of Science (Associação Americana para o Avanço da Ciência). Com informações da Lusa.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.