11 jan 2018 às 10:36 hs
Praticar exercícios aeróbicos, comer pouco – várias vezes, dormir oito horas por noite e fazer acupuntura estética são grandes aliados da perda da barriga

VEJA

Praticar exercícios aeróbicos, comer pouco – várias vezes, dormir oito horas por noite e fazer acupuntura estética são grandes aliados da perda da barriga (Istock/Getty Images)

Uma notícia que talvez você não saiba — ou, na melhor das hipóteses, tem dificuldade para acreditar: sim, é possível emagrecer , e com medidas não tão complicadas. A seguir quatro orientações fundamentais dos especialistas.

Dormir bem: “Quem dorme mais é mais magro”, alerta o médico Renato Lobo, pós-graduando em nutrologia com atuação em emagrecimento, ganho de massa muscular e desempenho esportivo.  Segundo ele, estudos já revelaram que a cada hora a menos que as oito de sono recomendadas as pessoas tendem a apresentar 1 centímetro a mais na cintura, quando comparadas com quem dormiu o tempo suficiente. Em Leeds, na Inglaterra, uma pesquisa revelou aumento de meio ponto do IMC (índice de massa corporal) de acordo com o tempo que costumam dormir. “Durante o sono de qualidade, o corpo secreta hormônios metabólicos que queimam a gordura”, explica o especialista. Para garantir uma boa noite, Lobo receita evitar o uso do celular na hora de dormir e desligar as luzes e a TV, além de abolir álcool e café perto da hora de ir para a cama.

Atividade aeróbica: nadar, caminhar, correr, pedalar e dançar. Eis alguns dos exercícios indicados para perder a barriga. “O que queima gordura é exercício aeróbico”, indica a educadora física Val Barbosa, professora de Pilates da Clínica Piú Salute, de São Paulo. Engana-se quem acredita que essa é função dos abdominais. “Eles são importantes para fortalecer a musculatura e dar contorno ao corpo”, explica.

Alimentação fracionada: comer pouco, diversas vezes por dia, é outra dica importante. “É importante distribuir bem a alimentação com todos os nutrientes”, avisa a nutricionista Myrian Najas, professora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Dessa forma, o corpo não absorve tanto naquele de uma vez. “Quando se concentra a alimentação em um momento, o excesso de açúcar produzido vai para o abdômen em forma de gordura”, resume a especialista. “Também é importante evitar todos os refrigerantes com gás. Eles provocam uma distensão gástrica enorme”, avisa Myrian.

Acupuntura estética: além do equilíbrio geral que procura proporcionar e que tem um papel importante no emagrecimento, a acupuntura pode atuar diretamente na gordura instalada na barriga. “Usamos a eletroacupuntura em alguns pontos para ajudar a eliminar a gordura localizada”, explica a médica Lina Konno Ishida, acupunturista do Hospital Santa Catarina. “Além de diminuir a gordura, ajuda na tonificação”, continua.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.